terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Eles acreditam que todos os meios como a corrupção, mentira, etc... justificam os fins...

Eles acreditam que todos os meios como a corrupção, mentira, etc... justificam os fins...

Evangélicos conservadores na mira do PT. (Sem dúvida, nenhum cristão verdadeiro, espiritual e piedoso deve ter envolvimento com o PT e os Esquerdistas. Eles são profundamente sodomitas, pederastas e acreditam que todos os meios como a corrupção, a mentira, etc...justificam os fins. O PT é uma ameaça a verdadeira ética e moral. Usam o dinheiro público para patrocinar tudo aquilo que é contrário aos princípios bíblicos e cristãos da vida e da família - Prof. Luis Cavalcante).

http://luis-cavalcante.blogspot.com/2012/01/evangelicos-conservadores-na-mira-do-pt.html

PT PREPARA OPOSIÇÃO À IGREJA EVANGÉLICA. O QUE VOCÊ ESPERAVA, BOBÃO? Por Reinaldo Azevedo

PT PREPARA OPOSIÇÃO À IGREJA EVANGÉLICA. O QUE VOCÊ ESPERAVA, BOBÃO? Por Reinaldo Azevedo
http://luis-cavalcante.blogspot.com/2012/01/pt-prepara-oposicao-igreja-evangelica-o.html

sábado, 28 de janeiro de 2012

O homossexual Laerte Coutinho que foi convidado pela Prefeitura e Secretaria de Educação do Município de Osasco (governado pelo PT) para dar Palestra de Educação, exige "direito" de estar em banheiros femininos com meninas de 10 anos.

O homossexual Laerte Coutinho que foi convidado pela Prefeitura e Secretaria de Educação do Município de Osasco (governado pelo PT) para dar Palestra de Educação, exige "direito" de estar em banheiros femininos com meninas de 10 anos.
http://intoleranciahomossexual.blogspot.com/2012/01/o-homossexual-laerte-coutinho-que-foi.html

I Congresso Regional de Educação Religiosa

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Cosme Costa <cosmecostanogueira@gmail.com>
Data: 27 de janeiro de 2012 11:37
Assunto: ENC: I Congresso Regional de Educação Religiosa
Para: Cosme Costa <cosmecostanogueira@gmail.com>



Bom Dia Encaminhando;
Bom dia, irmão!

Por favor, peço a sua ajuda na divulgação do nosso I Congresso Regional de Educação Religiosa.
Para maiores informações acessar o site: www.ipbmaranata.com

"O evento ocorrerá dia 25 de fevereiro de 2012 das 9:00 às 17:00 horas, na IP Maranata, localizada à Rua Tiradentes, 205, Vila Dora, em Santo André. No próprio site, na aba “Igreja Presbiteriana Maranata” , sub-aba “Localização” tem o mapa do local.

Programa:

9h00–9h25 – Chegada, recepção, credenciamento

9h25–9h50 – Abertura (Cláudio Marra)

10h00–12h00 – Oficinas simultâneas:

· “A preparação do currículo e o plano de aula” (Márcia Barbutti)
· “Como preparar aulas para adultos” (Sandra Marra)
· “A aula para jovens e adolescentes” (Alexandre Almeida)
· “Objetivos do ensino” (Cláudio Marra)

12h00–13h00 – Almoço

13h00–14h30 – Oficinas simultâneas:

· “Dinamismo e excelência nas aulas para crianças” (Márcia Barbutti)
· “Como preparar aplicações” (Eduardo Assis)
· “O professor discipulador” (Cláudio Marra)

14h30–15h00 – Intervalo

15h00–16h30 – Oficina para todos

· “Como otimizar o uso de multimídia” (Daniel Santos)

16h30–17h00 – Encerramento (Ronaldo / Altamiro)

O valor da inscrição para o evento é de R$20,00 (vinte reais) incluindo coffee break, almoço e materiais que serão utilizados pelos participantes.

Como teremos oficinas simultâneas, no ato da inscrição você deverá escolher as oficinas de que participará, sendo uma no período da manhã e outra no período da tarde.

A inscrição deverá ser feita no site www.ipbmaranata.com, através da respectiva aba onde deverá também ser feito o pagamento utilizando um dos diversos meios disponíveis.

Eventuais dúvidas poderão ser esclarecidas na secretaria do evento através do e-mail “olindaslanzon@gmail.com” ou pelo telefone (11) 2355-9796 no horário comercial ou pelo celular (11) 9787-3359."


Um grande abraço!

Em Cristo,

Presb. Eduardo Munhoz.


Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Curso: PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO - Início em Fevereiro de 2012 d.C aos sábados das 14h às 18h - no Seminário Teológico Trindade - com o Prof. Luis Cavalcante - Presidente: Prof. Dr. Paulo Romeiro.

Curso: PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO - Início em Fevereiro de 2012 d.C aos sábados das 14h às 18h - no Seminário Teológico Trindade - com o Prof. Luis Cavalcante - Presidente: Prof. Dr. Paulo Romeiro.
http://epistemologia-novotestamento.blogspot.com/2012/01/curso-panorama-do-novo-testamento.html

AJUDA URGENTE - PB. DR. H. J. ALMEIDA

Em 24/01/2012 22:25, Heber José de Almeida < heberjose@ig.com.br > escreveu:

Caros irmãos em Cristo. As Sinodais SP e Grande ABC, estão imbuídas em arrecadar roupas em geral (homens e mulheres), alimentos, para fornecer ao Projeto Cristolândia na Cracolândia. Esta região central da Capital paulista, está sendo alvo de uma ação governamental (Prefeitura e Governo do Estado) com relação ao lamentável estado crítico a que se chegou o ser humano. Além dos bens materiais, a campanha visa a arrecadação de BÍBLIAS que pode ser aquela que o Irmão tem a mais em sua casa e não está usando. Está Bíblia em bom estado pode chegar às mãos de uma pessoa sem esperança. A foto demonstra a jovem Carolina entregando uma Bíblia, além de algumas centenas de peças de roupas entregues no domingo dia 22.01.12 na R.Br. de Piracicaba,503 - Campos Eliseos, onde está instalado o Projeto. Essa primeira remessa de roupas foi doada pelos irmãos da IP Jaguara-SP. Naquele local o drogado recebe banho, roupa limpa, alimento material e espiritual. Uma van no local fica à disposição para levar a uma clínica de recuperação aqueles que quiserem dar esse passo de restauração. No Culto do dia 04.02.12 na IP Aliança - Pinheiros em SP, agradecendo a DEUS pelo Dia do Homem Presbiteriano, todas as UPHs do Sínodo estão convidadas e convocadas a entregar o fruto das arrecadações em suas Igrejas para ser entregues ao Projeto.

Fiquem à vontade para escolher as fotos. A última apresenta a irmã Senhorinha da SAF da IP Jaguara, um representante UPH e os volumes contendo as roupas doadas.

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Heber José de Almeida <heberjose@ig.com.br>
Data: 24 de janeiro de 2012 22:14
Assunto:

--
H. J. Almeida



--
H. J. Almeida


Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Palestra: O MAIOR CRIME DA HISTÓRIA

Palestra: O MAIOR CRIME DA HISTÓRIA
http://luis-cavalcante.blogspot.com/2012/01/o-maior-crime-da-historia.html

SOS – CRISTOLÂNDIA NA CRACOLÂNDIA

Amados Irmãos as Sinodais do Trabalho Masculino São Paulo e Grande ABC, estão envolvidas na colaboração ao trabalho desenvolvido na Cracolândia, onde a Igreja Batista se instalou na Rua Br. de Piracicaba, 503, Campos Eliseos;



Estivemos pessoalmente fazendo contato com os Irmãos e verificamos que as instalações procuram atender os necessitados que queiram tomar banho, se alimentar, além do que presenciamos VÁRIOS drogados se decidindo por iniciar tratamento e são encaminhados para uma clínica de recuperação!



Assim conclamamos aos Amados que queiram cooperar e venham promover campanhas em suas Igrejas a necessidade premente é de alimentos o que guarnece uma cesta básica, roupas de cama e banho, produtos de higiene pessoal e limpeza!



ATENÇÃO – No dia 04.02.2012 – sábado às 19 hs será realizado Culto de Agradecimento a DEUS pelo Dia do Homem Presbiteriano, na IP Aliança – Rua Artur Azevedo, 1007;

Todo material obtido e quem quiser contribuir poderá aproveitar a oportunidade da comunhão do Culto e levar para a IP Aliança; As Sinodais São Paulo e Grande ABC transportarão as doações, fazendo a sua entrega durante a semana no endereço e destino!



BÍBLIA!! Encarecemos aos Pastores, Líderes que solicitem dos Irmãos a DOAÇÃO de Bíblias usadas em bom estado de conservação caso não estejam usando-as; É comum os Irmãos terem mais de uma Bíblia em casa e SERÃO UTÍLISSIMAS na distribuição a este POVO CARENTE e necessitado de CONHECER A PALAVRA DE DEUS!!



Louvamos a DEUS por tão oportuno privilégio de poder contribuir, esperando que os Amados entendam que a Sociedade clama, as Autoridades se mobilizaram, mas a SALVAÇÃO eterna só Deus pode oferecer!!



Contamos com a Sua preciosa atenção, colaboração e PARTICIPAÇÃO! Deus os abençoe!



Contatos e esclarecimentos:  Heber – f. 3221.8122 – Cosme 4367.2833 – Paulo Ivo 4221.5728

SP/jan/2012





CONFIANÇA EM JESUS, ENTUSIASMO NA AÇÃO E UNIÃO FRATERNAL!


Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Passamento Irmão Diac. Zenon

Passamento Irmão Diac. Zenon

Amados Irmãos em Cristo, Graça e Paz! Louvamos a DEUS pela vida do Irmão Diac. Zenon, que foi chamado nesta manhã do dia 18.01.12, era também, Tesoureiro da Confederação Sinodal SP.
 
O Pastor Flavio (Fone: 7651.6288) está no Hosp. das Clínicas auxiliando a Família e possivelmente o local será no Cemitério do Araçá. Ainda não há confirmação do horário!
 
Orem pela Família do Irmão Zenon.
 
Deus seja sempre louvado.
 
H. J. Almeida - Pres. da Confederação Sinodal SP.
 
 

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

DIRETORIA ELEITA - QUADRIÊNIO 2010 / 2014
Secretário Geral do Trabalho Masculino Presb. Haroldo Peyneau  peyneau@terra.com.br;
Presidente Presb. Paulo Roberto da Silveira Daflon  paulodaflon@gmail.com;
Vice-Presidente (Sudeste) José Roberto Albrecht  prof.albrecht@bol.com.br;
Secretário Executivo Marcos Almeida Rodrigues  
1º Secretário Renato de Souza  
2º Secretário Paulo Silas Casini  
Tesoureiro Oswaldo Dalmedico Jr  dalmedico_uph@yahoo.com.br;
     
SECRETÁRIOS DE ATIVIDADES - QUADRIÊNIO 2010 / 2014    
     
1. ESPIRITUALIDADE Aminadabe Jessé S. F. Sales (BA)  aminadabesales@hotmail.com;
2. EVANGELIZAÇÃO Paulo Silas Casini (SP)  uphpaulo@hotmail.com;
3. MISSÕES Paulo Ivo Nunes Santos (SP)  brunerltda@terra.com.br;
4. AÇÃO SOCIAL  Heber José de Almeida(SP)  heberjose@ig.com.br;
5. CAUSAS DA IPB  José Luiz Araújo (MA)  joseluizaraujo@yahoo.com.br;
6. MUSICA  Rev. Claudio Aragão (RJ)  reverendoclaudio@ig.com.br;
7. SOCIABILIDADE Samuel Ribeiro da Silva (RJ)  samribs@yahoo.com.br;
8. COMUNICAÇÃO & MARKETING Heronim Antonio Marçal (ES)  heronim@ipb.org.br;
9. ESPORTE E RECREAÇÃO João Batista Coelho (MG)  jbatistacoelho43@gmail.com;
10. CULTURA Edson dos Anjos Oliveira (PR)  aljoliveiraeoa@hotmail.com;
11. IMPRENSA  Julio Cícero Prates e Silva (SP)  julio_prates@yahoo.com.br;
12. ESTATÍSTICA  Marcos Nunes Menezes (MG)  menezes.6@gmail.com;
     

Culto em Ação de Graças a Deus pelos 25º Aniversário da Federação de Safs do PROP no dia 28 de janeiro de 2012, às 19hs30min na Igreja Presbiteriana de Osasco.

Osasco, 09 de janeiro de 2012.
A diretoria da Federação de Safs do Presbitério Oeste Paulistano na pessoa da presidente sra. Andréia Carvalho Rodrigues Tavares convida as igrejas do Presbitério Oeste Paulistano para o Culto em Ação de Graças a Deus pelos 25º Aniversário da Federação de Safs do PROP no dia 28 de janeiro de 2012, às 19hs30min na Igreja Presbiteriana de Osasco.
Sua presença muito nos alegrará!
 
Em Cristo Jesus nosso Senhor,

Andréia Carvalho R. Tavares

Presidente da Federação de Safs do PROP


Fonte e divulgação: http://mulherreformada.blogspot.com/2012/01/culto-em-acao-de-gracas-deus-pelos-25.html

Uma Palmada do Estado

Allen Porto - allenporto@gmail.com 


A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe. [...] Corrige o teu filho, e te dará descanso, dará delícias à tua alma. Provérbios 29.15,17


Na última quarta-feira, 14 de dezembro, o projeto de lei 7.672/2010, conhecido como “a lei da palmada”, foi aprovado por unanimidade na comissão especial da Câmara dos Deputados. Ao que parece, a bancada evangélica teve tímida participação no processo mais amplo de discussão do projeto. Conforme matéria da Folha.com, possivelmente tal bancada sugeriu a troca do termo “castigo físico” por “agressão física”, mas os representantes dos direitos da criança e do adolescente não gostaram da idéia, e assim ficou “castigo corporal”.


Por meio deste projeto, o Estado pretende regular a esfera da família, controlando o exercício da disciplina e correção por parte dos pais. Seria isso legítimo?



A igreja e a manipulação cultural


Em 1970 o pastor Francis Schaeffer escreveu sobre a percepção da igreja diante das formas de manipulação possíveis. Para ele, era necessário atenção e sabedoria.



Não há dúvidas de que o futuro se encontra aberto para manipulação. Quem a fará? Será uma nova elite institucional partidária de um governo autoritário ou outra elite? Quem obtiver poder político ou cultural no futuro terá à sua disposição técnicas de manipulação que nenhum governante autoritário jamais teve. Nenhum desses recursos é apenas futuro; todos eles já existem hoje e estão à espera de serem empregados pelos manipuladores.



Schaeffer lista os itens de controle então percebidos: a manipulação científica; da lei; da História; na religião; no teatro e nas artes; na TV; e a manipulação química. Aquilo que foi descrito há 40 anos hoje é realidade presente.


No caso específico da discussão a respeito da disciplina física às crianças, temos a manipulação da televisão, com ênfase exagerada nos pais que abusaram da força na correção, e nenhuma menção a todas as demais crianças que foram beneficiadas com a “palmada”.


Celebridades, como a Xuxa, mostram o rosto para apoiar a causa. A manipulação científica também é facilmente percebida. Os ativistas dos direitos da criança e do adolescente normalmente recorrem a algum “cientista de renome”, seja médico, psicólogo, pedagogo ou alguém semelhante, para validar a idéia de que exercer a correção física sobre a criança promove traumas e outros males. As formas de manipulação estão diante de nós. Que faremos?




Um breve diagnóstico


Uma observação rápida levanta questões e observa problemas no processo de aprovação deste projeto de lei. Primeiramente, seguindo uma perspectiva calvinista, especialmente nos termos de Abraham Kuyper, há grande problema em ver o Estado interferindo na esfera da família. O Estado possui uma esfera própria de atuação, que não envolve diretamente o controle das liberdades individuais e familiares. Assim como a esfera do Estado, a da família presta contas diretamente a Deus, e exerce nível próprio de soberania. O Estado não é nosso pai, mãe, ou babá. Deus criou pais e mães para os indivíduos.


Em segundo lugar, enquanto a idéia de um Estado excessivamente intervencionista é preocupante (não apenas na economia, mas agora na vida familiar), percebe-se, em nível mais específico, a manipulação da lei descrita por Schaeffer.


Se, por meios legais, o comportamento dos pais diante de seus filhos for determinado, estamos submetendo uma série de princípios bíblicos a outra autoridade, e com isso, violando a lei do Altíssimo.


É necessário falar também da apatia evangélica diante dos caminhos tomados política e culturalmente. A bancada evangélica age com timidez e desconsidera elementos mais básicos da Escritura. Mas não só ela: no resto de nosso país há silêncio e alienação por parte dos evangélicos.


Finalmente, há os que falam. Mas estes estão tomados, em grande medida, pelo que pode ser chamado de “conservadorismo vazio”. Alguém levanta a pergunta: - é certo bater nos filhos? E eles respondem com algum tipo de agumento baseado exclusivamente na tradição, como se ela fosse autojustificada.


Perceber esses itens nos leva a concluir três graves problemas entre os evangélicos: (1) Nossa inabilidade de lidar com o texto bíblico; (2) Nossa incapacidade de pensar os eventos em seu contexto mais amplo; e (3) Nossa incapacidade de fornecer respostas sólidas e fundamentadas às questões do nosso tempo.


A articulação necessária


Podemos seguir estes problemas como um roteiro para a resposta sábia. Partimos da fonte última de autoridade: Deus e Sua Palavra. O texto de Pv. 29.15,17 estabelece pontos relevantes para a discussão sobre a disciplina dos filhos.


O autor dos provérbios estabelece uma relação de causa e efeito entre o uso da “vara” - a disciplina física – e o crescimento em sabedoria. O argumento é claro: disciplinar o filho o tornará mais sábio. Usando outro caminho, o autor revela que não exercer a correção é o mesmo que entregar o seu filho a si mesmo – o que é considerado abandono. Aqui temos uma lógica interessantíssima: os ativistas contemporâneos lutam contra o abandono, mas segundo a Escritura, o que fazem ao apoiar este projeto de lei é promover este mesmo abandono das crianças. Você deseja ter um filho sábio que não se sinta abandonado?


No versículo 17, a correção é vista como fonte de beleza e satisfação. Os pais que corrigem seus filhos os livrarão de práticas piores, e alimentarão beleza e graça em seu relacionamento. Deus ensina que o “castigo corporal”, administrado segundo a Sua Palavra, é algo bom e proveitoso para todos: o próprio Deus, os pais, os filhos e a sociedade.


No corpo dos princípios e ensinamentos bíblicos, podemos perceber pressupostos estabelecidos, ao utilizar termos como disciplina e correção, como a realidade de elementos morais e epistemológicos, como certo e errado, justo e injusto, verdadeiro e falso.


Caminhando no roteiro, chegamos à necessidade de uma compreensão mais abrangente dos eventos à nossa volta. O que está envolvido na aprovação deste projeto?


Algo já foi mencionado. O cristão, e o [cristão] reformado mais especificamente, possui forte bagagem bíblica, teológica, filosófica e histórica para se contrapor à noção de um Estado que interfere em esferas fora de sua alçada. A perspectiva mais ampla segue o raciocínio: se o Estado cresce a cada dia, tomando para si áreas que era de responsabilidade exclusiva dos indivíduos e famílias, o que o impedirá de continuar crescendo, e atingindo outras áreas?


O que o impedirá de um controle final e absoluto sobre a vida dos cidadãos, sobre as famílias, e sobre as religiões? Alguém poderá contra-argumentar, afirmando que existem direitos fundamentais estabelecidos na Constituição Federal, mas acredito que se trata de uma resposta ingênua.


A filosofia do Direito que hoje rege as faculdades e tribunais é uma que exclui Deus. O direito agora é percebido exclusivamente de maneira sociológica: as transformações sociais promovem as transformações jurídicas. Deste modo, cabe ao judiciário, mais do aplicar a lei, interpretá-la conforme os novos tempos e práticas. Foi assim que o STF violou a Constituição no recente caso da união de homossexuais. Por que não voltaria a fazer o mesmo em outras áreas?


A Constituição não é mais algo objetivo, mas sujeito às interpretações de pessoas cuja cosmovisão acompanha uma filosofia que exclui Deus. O tom alarmista não deve nos assustar. Não se trata de uma tentativa de amedrontar, mas de

nos fazer pensar, orar, e agir na cultura de modo consistente. A apatia evangélica pode ter resultados sérios.


O último item de nosso roteiro é a necessidade de uma resposta sólida e consistente, argumentos fundamentados que não manifestem um conservadorismo vazio. As respostas comuns têm alimentado o ceticismo, o cinismo, e as abordagens contrárias à disciplina física.


Quando perguntados, ou comentando o caso da disciplina, os conservadores vazios respondem: “sempre foi assim”; ou “está na Bíblia”; ou ainda “meu pai fez assim e nem por isso eu morri”. Todas estas respostas, mesmo a da Bíblia, refletem a ausência de uma reflexão honesta sobre o caso, e a incapacidade de articular e fornecer respostas sábias e fundamentadas.


Simplesmente dizer que está na Bíblia não fala nada ao homem do nosso tempo, é preciso explicar o que é a Bíblia, a sua autoridade, e o modo como a Escritura trabalha o tema. As demais respostas também são inúteis, e fazem os outros se afastarem ainda mais da abordagem da correção física. Afinal, nem os seus defensores sabem o porquê disso.

Deste modo, podemos oferecer uma resposta melhor fundamentada, articulando a Escritura, a história, a tradição, e pensando a disciplina adequadamente. Sugiro a combinação das cinco proposições abaixo:


1 . A Bíblia estabelece uma relação de causa e efeito entre a disciplina e a sabedoria. Considerando a Bíblia como Palavra de Deus, e portanto, autoridade absoluta e inerrante, Deus institui a correção física. Não apenas isso, mas o Senhor ensina que o castigo corporal promove a sabedoria nas crianças. Se desejamos o seu bem, a disciplina precisa ser considerada.


2 . A disciplina trabalha categorias morais na criança. Por meio da correção, a criança é exposta a um conjunto de categorias morais, e aprende sobre a existência do que é certo e errado. A aquisição destas categorias de pensamento ainda na infância são fundamentais para um crescimento equilibrado, e uma vida ajustada nas idades mais avançadas. Os indivíduos cujas categorias morais são distorcidas caem na corrupção, na criminalidade, e em erros de várias outras naturezas. Além da compreensão de certo e errado, a criança disciplinada aprende sobre o que é justo e injusto. Ao desobedecer pai e ser corrigida, ela compreende que é um ato de justiça exercer disciplina sobre quem desobedeceu leis. Novamente, isso tem grande impacto sobre a formação da criança, e sua caminhada na infância e na vida adulta. Sem o aprendizado das categorias de justiça e injustiça, tal criança pode ser tornar um pai que abusa da força na disciplina de seu filho, ou um homem que age injustamente na cultura de várias maneiras.


3 . A disciplina trabalha categorias epistemológicas na criança. O desdobramento da aquisição de categorias morais, é a percepção de categorias epistemológicas fundamentais. Se existe certo e errado, justo e injusto, a criança, também perceberá que existe o verdadeiro e o falso. O gesto da mentira será disciplinado. Ao ser desobedecida, a mãe que ordenou algo demonstrará que estava falando a verdade ao anunciar que o erro seria punido. Na cultura contemporânea, a noção de verdade é atacada, e talvez um relativista do nosso tempo não pense que este item seja bom. Mas novamente precisamos pensar em termos amplos. É fundamental que uma criança aprenda tais

categorias epistemológicas, sob pena de ter seu crescimento e formação comprometidos. Se não há verdade e mentira, por que colocar uma criança na escola? Se não há verdade e mentira, por que pagar um funcionário após um mês de trabalho? Se não há verdade e mentira, por que um piloto de avião não muda todos os procedimentos a 33.000 pés de altura? Uma criança sem tais noções não terá capacidade de aprender, de se comunicar, nem de confiar ou ser confiável.


4. A disciplina previne e prepara a criança para a vida. Para além das categorias morais e epistemológicas mencionadas nos itens anteriores, a prática da correção livrará a criança de cometer o mesmo erro em outras situações, e a protegerá de cometer vários outros erros na vida. Tudo tem origem naquela palmada da infância.

5. A disciplina manifesta amor. Novamente recorremos a nossa fonte de autoridade: Deus e Sua Palavra. Em Hebreus 12.6, é o próprio Deus cristão que anuncia: “[...] o Senhor corrige a quem [Ele] ama”. O texto trata da questão da paternidade de Deus, e o modo como Ele ensina Seus filhos. Jesus conjuga disciplina e amor. Os ativistas argumentam que a correção é mera expressão de ira e autoritarismo, mas aqui somos confrontados com outra realidade. Queremos expressar amor por nossas crianças tanto quanto estes ativistas, porém entendemos que exercer a correção é parte dessa expressão de amor. Não podemos ser privados disso. Amamos demais nossas crianças para não corrigi-las.



Para um diálogo contínuo


Estes cinco itens, corretamente compreendidos e articulados, fornecem uma boa resposta aos questionamentos levantados sobre a lei da palmada e seus desdobramentos, mas ainda cabe um item de reflexão.


O cristão não é utópico, nem pessimista, mas realista. Fugindo da utopia, não pensamos que todos os pais que batem em seus filhos o fazem adequadamente. Exatamente por isso a Escritura ensina que os pais não devem disciplinar a criança de modo exagerado (Efésios 6.4). Não somos ingênuos, e queremos protestar junto com os ativistas contra o exagero e abuso de alguns pais. Violentar, maltratar e agredir uma criança é algo desumano e contra a Lei do Senhor.


Por outro lado, estamos distantes dos ativistas porque não pensamos com o pessimismo deles. Não entendemos que todas as manifestações de castigo corporal são abusivas e destrutivas. Pelo contrário, fundamentados na Palavra de Deus, entendemos que é possível bater na criança de modo amoroso, para o seu bem.


Assim, o cristão se encontra num lugar de equilíbrio e realismo. Contra o abuso e a ausência de disciplina, lutamos para que a Palavra de Deus seja cumprida, e assim nossas crianças tenham a melhor formação possível, sendo disciplinadas quando cometem erros, para que sejam pessoas melhores, e assim Deus seja glorificado no enriquecimento da sociedade, composta por indivíduos corretamente formados.


A Deus toda a glória.